• Geraldo Leite

PRIMEIRO INCIDENTE DIPLOMÁTICO COM A INDIA

No primeiro encontro de Vasco da Gama com o rei de Calicute, Vasco teve o cuidado de não entregar suas credencias, reservando o ato para um segundo encontro, muito mais pomposo.

Dado o avançado da noite, a audiência foi encerrada.

Vasco da Gama se reuniu com os companheiros, a fim de colocá-los ao par dos entendimentos.

Concluída a reunião, a comitiva iniciou a caminhada de volta, sempre acompanhada pela multidão que, não obstante a forte chuva que inundava a cidade, não desistia de acompanha-los.

Exausto e ao mesmo tempo exultante, o capitão-mor acabou adormecendo no início da manhã seguinte, em uma pousada improvisada no caminho.

Ao acordar foi surpreendido pelo intendente de Calicute que, cumprindo a praxe vigente, queria receber os presentes destinados à Sua Majestade, o rei de Calicute.

Segundo o costume do Oriente, este seria o momento em que o rei de Portugal demonstraria seu propósito de amizade, presenteando o rajá com riquíssimos presentes.

Ao ser atendido, o intendente ficou espantado, e ao mesmo tempo indignado com o ridículo dos "presentes" enviados por D. Manuel: seis chapéus, quatro colares de coral, uma caixa de açúcar, um tonel de azeite rançoso, um tonel de mel, seis bacias de bronze, algumas taças e outras quinquilharias. O emissário do rei se recusou receber tais "presentes", alegando que eles eram indignos do mais pobre mercador de Calicute.

Vasco da Gama tentou contornar a situação, dizendo que aqueles presentes eram os seus. Os do rei de Portugal seriam outros. Tinham ficado em Lisboa à espera de uma rota mais segura para a Índia.

Agora, com o caminho por ele descoberto, os presentes reais poderiam ser embarcados com segurança.

Propôs explicar isto ao rei, mas nada, absolutamente nada, afastou o mal-estar.

Estava criado o primeiro incidente diplomático

com a Índia.

Posts recentes

Ver tudo

Na década de 1860, o exército brasileiro não possuía o efetivo necessário para enfrentar o Paraguai. A solução foi abrir o voluntariado para homens em idade militar. Criou-se o Corpo de Voluntários da

No final do século XVII e começo do século XVIII ocorreu o que costumamos chamar Epopeia Brasileira. O Brasil deu as costas ao litoral e se voltou para o interior. Bahia e Pernambuco deixaram de ser a

Estudos recentes têm demonstrado que o uso incorreto do idioma está empobrecendo a comunicação entre as pessoas e dificultando o entendimento entre os povos. O QI das nações mais avançadas está diminu